Mundo Etílico


                                                              ENQUANTO

 

 

Enquanto houver alguém com fome

Em qualquer canto deste mundo,

Como poderá quem consome

Dormir um sono bom, profundo?....


Deitado em seus lençóis macios,

Debaixo dos seus cobertores,

Os homens sempre são tão frios

E tão vazios de valores...


Duvido que alguém se incomode,

Diante de sua lareira,

Com aquele irmão que não pode

E que tem casa de madeira...


Ou que pense, no seu conforto,

Naquele que vive na rua,

Sob o risco de ver-se morto

Numa noite fria de lua....


Enquanto houver alguém faminto,

Em qualquer lugar do planeta,

Sem casa, ou em teto de zinco,

Jogado em alguma sarjeta...


Os homens, que são tão pensantes,

Podem até dormir em paz...

Mas serão mais ignorantes

Que o mais simples dos animais!


daVi gaLon

*

POBRES  HOMENS...

            

PRA MAIOR PARTE DAS MULHERES,

SÃO MEROS ANIMAIS.

 

TIM-TIM!!!



Escrito por machmel às 21h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




                                                                                            SAUDADE

                     Saudade não é tristeza,
                     Saudade é lembrança boa...
                     É dor que tem sutileza,
                     Que não matrata a pessoa.

                     É um ferimento que arde
                     E ao mesmo tempo acarinha...
                     Saudade é um fim de tarde
                     Que a gente lembra à noitinha.

                     Saudade não é tristeza,
                     Saudade é boa lembrança;
                     É algo que nunca pesa,
                     Mesmo quando a gente cansa.

                     É um sentimento que voa
                     Nas asas do pensamento;
                     É dor, que embora nos doa,
                     Também nos serve de ungüento.

SAUDADE NÃO É SÓ COISA

DE ALMA...

           

TAMBÉM É FEITA

DE SANGUES E CARNES!!!!



TIM-TIM!!!

 



Escrito por machmel às 20h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





                                                                                     ESSENCIAL


                 É... Amigos  não se faz,  acontecem.
                 Quando chegam,  já são tão conhecidos,
                 Tão íntimos, que é como se tivessem
                 Voltado de outros úteros paridos...


                 São tão sintonizados os humores,
                 Que qualquer piada desata um riso;
                 Nenhum deslize provoca rancores,
                 Todo comentário é sempre preciso....


                 Amigos não se faz, nem de repente
                 Surgem,  por mero acaso ou coincidência....
                 É somente um rever-se, um reencontrar-se

                 Com quem antes nos fora tão presente,
                 Que, depois da viagem, ao reencarnar-se,
                 Não consegue viver sem nossa essência!

*

A IMAGINAÇÃO É, SEM DÚVIDA,

    

A MINHA MELHOR AMIGA!

TIM-TIM!!!



Escrito por machmel às 22h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




                      A ETERNA NOITE DO HOMEM



                         Quando o sol lentamente vai baixando
                         Pra iluminar o oposto do planeta,
                         A noite e as estrelas vêm chegando...
                         E a natureza em transe se aquieta....

                         Entram em cena outras criaturas,
                         E à sombra pulsam vidas diferentes...
                         São seres mais sóbrios, de outras posturas,
                         Bem mais recatados e mais silentes.


                         Só o homem, esse animal estranho,
                         Da noite viola o ritmo e o rito,
                         E em grandes orgias persegue o gozo,

                         Como um escravo, pequeno, tacanho...
                         Depois, saciado, emite o seu grito
                         Como se fosse o mais poderoso!

*
   " EU ME ENCONTRO ULTIMAMENTE...

                     
     EM PLENO CARNAVAL!!! "

TIM-TIM!!!

 



Escrito por machmel às 22h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

 

                                                                                                ALMA VIAJANTE

                           Minha alma me faz viajar sempre,
                           E, quando hesito, ela viaja só...
                           É tão indomável e independente
                           Que nem comigo pode atar-se em nó...

                           No seu voo, vai tão longe e tão alto,
                           Que até me dá  um frio na barriga...
                           E ao acordar de um sonho, em sobressalto,
                           Eu sei que fujo, quando quer que a siga!

                           Um dia há de me levar consigo...
                           E eu juro, então, me abraçarei a ela
                           Feito o amante mais apaixonado.

 

                           E pularemos juntos da janela,
                           Rumo ao céu de estrelas iluminado
                           A procurar o nosso etéreo abrigo!

*

NÃO DEVE EXISTIR NADA TÃO LINDO...

               

QUANTO O DERRADEIRO ENCONTRO

COM NOSSAS ALMAS NUAS!!!!

TIM-TIM!!!



Escrito por machmel às 21h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                                         VIVA A SEGUNDA-FEIRA

             

       Uma brincadeira muito interessante rolou pelas redes sociais

nesses últimos dias.

       Noticiaram que um tal Conselho, não-identificado, teria apro-

vado a concessão de um atestado médico para a ressaca, que da-

ria direito  a folga para todo aquele  que comprovasse,  mediante  

a realização de exame clínico, que estivesse ressacado.

        Segundo a notícia, um grupo de farristas teria ingressado na

Justiça  solicitando  o  direito  de  não trabalhar no estado de res-

saca,  pois  o mesmo equiparar-se-ia a doença e deixaria o indiví-

duo sem condições psicofísicas de realizar quaisquer tarefas.

        No Brasil, isto significaria a criação de mais um descanso se-

manal remunerado, às segundas-feiras, o  que  viria  ao  encontro

do clamor de grande parte da população.

         Não custa nada um desses deputados desinformados   e po-

pulistas transformar o pleito em Projeto de Lei.

         Era só o que faltava (rsrsrs).

         Se vier a Lei, vou reivindicar meus direitos pretéritos e, pro-

vavelmente, com a contagem deste tempo, estarei aposentado!  

*

QUEM DISSE QUE A

SEGUNDA-FEIRA ...

           

NÃO TINHA REMÉDIO?!!!

TIM-TIM!!



Escrito por machmel às 16h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                O ZECA PAGODINHO PODE...

                  

 

        Há quem trabalhe e tenha filhos e, assim, por absoluta

precisão,  possuindo  capacidade  econômica, contrata uma

babá para cuidar de seus rebentos.

        Há  quem  precise  de  um  motorista  para  conduzir  o

seu veículo,  seja por conforto, ou até por imperiosa neces-

sidade.

        Há,  ainda, os  que,  tendo pais idosos,  contratam uma

dama  de  companhia para auxiliá-los nos seus afazares mí-

nimos e para abrandar-lhes a solidão.

        Uns contratam massagistas...  Outros,  mais  excêntri-

cos,  recorrem  a  Secretários Espirituais permanentes; ou-

tros têm "Personal Trainers".

        Enfim,  existem  uma  série  de  situações que pratica-

mente  obrigam  as  pessoas  a  terem  alguém ao seu lado

para uma ajuda estratégica.

        Zeca Pagodinho, dentro do conceito etílico deste Blog,

inovou, sem dúvida, o rol das coisas que nos obrigam a ter

ajudantes permanentes.

        Contratou, nada mais, nada menos, que  um funcioná-

rio  responsável  pelos  "Coolers"  de  cerveja que  carrega

para os seus Shows.

        Empregado  de  extrema  importância  para  o  cantor,

que  é  reconhecido  nacionalmente  pela  sua paixão pelas

“loiras geladas”.     É   chamado  pelo  artista de  " caddie"

( expressão  usada  para  indicar  a pessoa que carrega os

tacos de golfe para os jogadores daquele esporte).

        Entra ano, sai ano,  e Zeca tem se mostrado uma ver-

dadeiro  brasileiro  no que se refere à seu  relacionamento

com as cervas.

        Nem  mesmo  alguns  desacertos  com  relação  à sua

saúde  fazem  com que o cantor as abandone:  ele não de-

siste nunca!

        Falou em cerveja, falou em Zeca  Pagodinho  e  ponto

final!

        Não é à toa que o cantor é tão  disputado pelo marke-

ting das Cervejarias!

       Há alguns anos,  chegou  mesmo a trair-se quando de-

clarou  amor  pela  Schincariol,  mas redimiu-se, logo a se-

guir, voltando aos braços de sua Brahma.

        Hoje faz 6 meses que não tomo uma  cervejinha gela-

da.

        A partir de quinta-feira,  devo  receber uns amigos de

João Pessoa em Monteiro, mais meu filho, e vou abrir uma

exceção.

        Afinal de contas, ninguém é de ferro!

        E, em matéria de teimosia,  nem  tanto ao Zeca,  nem

tanto ao Mél !!!!

*

ELA ESTÁ DOIDINHA...

       

SÓ PORQUE EU AINDA NÃO

CHEGUEI...

COM AS CERVEJAS!!!!

TIM-TIM!!!



Escrito por machmel às 19h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                                                                                                     SEMPRE VOANDO

                                             

                     Eu corro sempre pra tentar sair do chão.

                     Desde pequeno, eu sonhei poder voar....

                     E, com a força da minha imaginação,

                     Já fui tão longe, que nem sei como voltar!


                     Brinquei de herói, já fui o índio e fui cowboy;

                     Brinquei de guerra, fui muralha e fui canhão...

                     Mas veio o tempo e a razão sempre destrói

                     O que em sonho nos retira os pés do chão.


                     Eu corro sempre pra tentar sair do chão.

                     Desde pequeno, eu sonhei poder voar....

                     Mas veio o tempo, veio assim feito um tufão,

                     E os meus castelos um a um fez derrubar!


                     Brinquei de bola, fui zagueiro e fiz mil gols;

                     Brinquei de circo, fui palhaço e trapezista...

                     Mas veio a vida e me cobrou pelos meus shows

                     O preço caro que impõe ao ser artista!

 

                     Eu corro sempre pra tentar sair do chão,

                     Desde pequeno sempre quis sobrevoar

                     A Terra toda, e ir ver da imensidão

                     O céu de estrelas refletido sobre o mar.

 


                     Eu corro sempre pra tentar sair do chão,

                     Desde pequeno, eu sonhei poder voar;

                     E tanta força tive na imaginação,

                     Que já não tenho forças pra não mais sonhar!

 *

ME DIGAM, PODEM ATÉ ME ENGANAR:

                                                                    

É SENSATO, ENFIM, NÃO SONHAR?....

TIM-TIM!!! 



Escrito por machmel às 20h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




                                                                  CABEÇA-CORAÇÃO

                                                                                            

 

      Houve uma época que meu coração estava rigorosamente

em minhas mãos.

      Foram tempos em que eu detive um controle quase abso-

luto sobre os meus sentimentos.

      Não havia amor ou paixão  que conseguissem violar a sua

estrutura quase inoxidável.

      E minha vida seguiu assim o seu curso, durante um tempo

bem razoável.

      Foi quando, de forma consciente, resolvi declarar aberta a

porta do meu coração para o mundo.

      Pus anúncio nos olhos...

      Amei,  me apaixonei,  namorei,  fiquei,  fui amante,  casei,

descasei, recasei, enfim, fui ao extremo de todos esses senti-

mentos, sem quaisquer arrependimentos.

      Hoje, percebi que a gente paga um preço por todas essas

emoções.

      O coração, infelizmente, tem as suas limitações físicas.

      O tempo, que às vezes ele insiste em fingir que não vê, é

sempre o seu pior inimigo.

      E,  com  o passar dos anos,  é  o  tal músculo involuntário

que, afinal, faz com que fiquemos em suas mãos.

      Jogados ao destino, torcemos, então, pra que ele não dê

o breque do samba no melhor momento do nosso carnaval.

      Ele heroicamente segue batendo, como um menino can-

sado, que  não  desiste  nunca  de correr  atrás dos seus so-

nhos.

      E a gente torce por ele como torce pelo futuro de um fi-

lho,  como  torce  pela  recuperação de um pai ou uma mãe

doentes.

      Ficamos, enfim, reféns de seu tempo.

      E,  por  mais  que a  gente imagine poder controlá-lo, é

ele, seguramente, quem nos dará o aviso bíblico das trom-

betas, anunciando que,  finalmente, o último segundo che-

gou.

      Bate coração, até que o seu ritmo se cale e cale em nós

a última palavra, que morrerá, talvez, entre a garganta e a

língua, sem tempo de dizer uma  blasfêmia, ou fazer, quem

sabe, um pedido de perdão.

*

BATA, CORAÇÃO, SEM PENA...

                                

JUDIA DESTE FELIZ SOFREDOR!!!!

TIM-TIM!



Escrito por machmel às 16h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




            PARABÉNS PELO ANIVERSÁRIO,

    "MUNDO ETÍLICO".

 

                                                                                

 

                                                        4 ANOS DE EXISTÊNCIA....

             POUCA DEDICAÇÃO E... 

             100 MIL ACESSOS....

             O "MUNDO ETÍLICO" É UMA

             REALIDADE!!!

             E VIVERÁ ENQUANTO HOUVER

             PRAZER...

             NADA DE DEVER!!!

             ESTAMOS JUNTOS!

*

APENAS ENQUANTO HOUVER

CUMPLICIDADE...

                 

E PRAZER,  EM VIVER E EM BEBER!!!

TIM-TIM!!



Escrito por machmel às 19h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   

                                         UMA ESBÓRNIA GASTROETÍLICA

                            

                             Vista da varanda da casa do Norival.

        Não morri, não...

        Fiquei um tempo ausente, mas estou mais vivo do que nunca!

        Cheguei anteontem de uma viagem a Jericoacoara, onde fui, juntamente

com meu filho Diego, visitar o meu velho amigo Norival.

        Novamente de carro.

        É sempre bom voltar àquele paraíso, mas o melhor mesmo é o reencon-

tro com este meu especial amigo.

        Comemoramos o aniversário de seu filho Raí, que completou a sua  pri-

meira primavera.

        Para  abrilhantar  ainda  mais este "Grande Reencontro", tivemos tam-

bém a presença do grande amigo Célio. Em todos os sentidos: de coração  e

de tamanho.

        Aí, vocês já podem imaginar, foi comida  e bebida  pra  ninguém  botar

reparo.

        De quebra,  consumimos um  Jack Daniels -  que já é marca registrada 

e presença obrigatória a estes Reeencontros - mais um Chivas.

        O resto foi suprido por muita música, cachaça, cerveja  e  vodka.  Tudo

com o  mesmo exagero de sempre!

        Deglutimos diversas picanhas e maminhas,  um pernil feito no forno da

Pizzaria "Lenha", um saramonete à  churrasqueira, preparado  pela  Ediana, 

esposa do Norival; uma Peixada à Baiana,  uma suculenta feijoada do  "Car-

cará" e diversos outros petiscos dos deuses. Tudo isso em apenas três dias!

       De quebra, no aniversário do Raí, fomos brindados com excelentes sal-

gados, oriundos do exigente "Carcará". O melhor Restaurante de Jeri! Sem

qualquer rasgação de seda.

       Sem nos esquecermos do encontro com o Reinaldão, outro paulista  de

peso perdido (?) em Jeri!

       Por sorte, estamos vivos. Seguramente renovados.

       Agora, vou esperar a inauguração da Pousada que o Norival e o Celião

estão construindo.

       Mais um motivo para uma visita àquele paraíso Jeri-Preá.

       Quem nunca foi a Jericoacoara-CE, não sabe o que está perdendo!

       Quem tiver dinheiro e quiser multiplicá-lo, o lugar é lá!

       Mas tem que ser rápido! Depois que o Aeroporto Internacional, que es-

tá sendo construído, for entregue, as coisas vão ficar bem mais difíceis!

       No mais, só tenho a agradecer ao Norival e à Ediana pela hospitalidade

de sempre e colocar - como sempre está - a minha casa à disposição.

       Mandar um grande abraço ao Celião e agradecê-lo pela companhia, in-

dispensável.

       Ao meu filho Diego pela companhia e pelo violão.

       E tem gente que ainda diz que viver não é bom...

       Têm razão: é ótimo!

       Como diz o Norival: muito excelente!

*

BONS AMIGOS, SONHOS...

E JACK DANIELS:

                  

NUNCA NADA A RECLAMAR!!!

TIM-TIM!!!!



Escrito por machmel às 19h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                                                                                LOMBRIGUENTO

                                                                                                

        Tem um amigo meu que não bebe há mais de um ano.

        Não vou, por motivos óbvios, dar nome ao boy.

        Ainda assim, se a gente fizer uma média do que foi bebido por nós

(eu e ele)  nos últimos dois anos,  é  bem  possível que ele ainda ganhe

de mim!

        Outro dia, estava me mostrando os seus exames...

        Tudo na mais perfeita ordem...

        Suas taxas estão de fazer inveja a bebê de fralda.

        Mas não pode beber!

        Aí, diria o pai de uma amiga minha, médico: grande merda!!!

        A gente fica até constrangido em beber perto dele...

        Medo de assanhar as lombrigas.

        Pode parecer  brincadeira,  mas  deu  lombriga no exame de fezes

dele. Lombriga mesmo!! Aquelas minhoconas que  aparecem  nas  bar-

riguinhas daquelas criançazinhas sujas que vivem em quintal de chão.

        E olha que ele mora num dos metros quadrados mais  valorizados

de uma grande capital brasileira.

        Será que se eu parar de beber também vou "pegar" lombriga?!!!

        Já tenho mais um motivo para continuar bebendo: esta dúvida in-

fernal.

        Fico só imaginando a hora em que as lombrigas resolverem aban-

donar o corpo do meu amigo... Dizem que saem até pela boca e nariz!

        Nossa, vou encher a cara neste final de semana!

        Deus me livre das lombrigas.... Deus me livre!

        Pra mim, todo o problema deste meu amigo foi mal-olhado!

        Gente com inveja de sua cachaça, que botou olho gordo!

        Vou bater na madeira três vezes, e tomar um gole de  ron com co-

ca-cola que eu ganho mais!

         E aguardar, com calma,  que  o  meu amigo bote as lombrigas pra

fora, pra gente beber juntos outra vez.

*

AH, ASSIM, DESTE JEITO...

                 

VOCÊS ASSANHAM  A MINHA

LOMBRIGA, PÔ!!!

TIM-TIM!!!       

                 



Escrito por machmel às 21h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                                            EU GOSTO DA BRAHMA...

           E ADORO ITAIPAVA.

                                                             

*

MAS, EM SE TRATANDO DE MULHER...

                    

SALVE-SE DA OVERDOSE QUEM PUDER!!!

TIM-TIM!!!

 



Escrito por machmel às 22h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                              ESTÁGIOS ETÍLICOS FEMININOS  

                  

   

        Pelo jeito... a tal da Monique do BBB chegou no fundo da garrafa.

        E o BBB chegou no fundo do poço.

        E o moço foi fundo, seu moço.

        Foi fundo, foi fundo, como dizia um velho jogador de futebol,

e marcou um gol.

        E foi impedido....

        Foi impedido de continuar no jogo.

        E eu que liguei a televisão, meio que ensonado, e pensei que estava

vendo filme Pornô.

        Eita televisãozinha brasileira.

        Só se for  para assistir em Motel.

        Agora... tô pra ver alguém com o sono da tal Monique.

        Parece o povo brasileiro: está sendo currado todos os dias, e ainda re-

bola aos sons das baladas de Michel Teló.

        Telogo gente, que eu num tô cum saco pra conversa polêmica...

        Agora,  se toda mulher fosse que nem a  Monique, o Brasil  já  estaria,

com uns 400 milhões de habitantes, seguramente.

        Eita soninho forte...

        Acorda, Brasil!        
*
TÔ COM MEDO DE PEGAR O MEU
"JACAREZINHO"
             
E, DEPOIS...
SER ACUSADO POR ESTUPRO!!!
TIM-TIM!!

               

 



Escrito por machmel às 21h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

                                               PROVOCAÇÃO EXPLÍCITA

                   

      Quem nasceu primeiro: a galinha, ou o ovo?...

            Este dilema milenar serve bem para ilustrar o caso da foto

acima.

            Quem teria nascido primeiro: o barzinho, ou o AA?

            Não sei!

            Se alguém souber, me diga. Estou realmente curioso.

            Agora, independentemente de quem tenha se instalado no prédio

primeiro, que houve uma provocação é indiscutível.

            Admitamos  que  o AA  tenha  chegado primeiro.  Então o dono do

barzinho é, no mínimo, um grande gozador.

            Agora, se o boteco já existia à época da instalação  do  AA,  então

os mentores dessa entidade antietílica merecem, no caso, até um proces-

so indenizatório.  Estão  tentando,  indiretamente, " quebrar "  o dono do

bar. E isso não se faz!

            O certo é o seguinte: vamos ver quem fecha antes!

            Eu acredito que é o tal do AA, pois o inferno é muito mais atraente

que o paraíso.

            Se eu fosse o dono do bar e tivesse chegado primeiro, pintaria um

quadro de chamas no toldo amarelo e escreveria numa placa, bem gran-

de: " VOCÊ PREFERE TOMAR UMA GELADINHA NO INFERNO,  OU  ARDER

NO PARAÍSO?...

            Com certeza, a provocação teria sido revertida...

            Agora, que houve provocação, AA, houve!!!  

*

POR FALAR EM PROVOCAÇÃO...

VOCÊ, COM ESTE JOELHINHO

TODO VERMELHO...

               

AH... AH... ASSIM VOCÊ ME MATA!

TIM-TIM!!



Escrito por machmel às 21h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Homem, Portuguese, Música, Bebidas e vinhos
 

Histórico

Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog